O mercado de trabalho para quem cursa a faculdade de Gastronomia

Cursar a faculdade de gastronomia capacita profissionalmente a atuar em vários segmentos e através de diversos cargos. Descubra o curso e a carreira!


Você está em dúvida sobre fazer a faculdade de Gastronomia? Conheça aqui mais sobre o curso e as principais oportunidades de trabalho na área!

A culinária é sem dúvida um dos maiores prazeres na vida, seja por proporcionar a degustação de pratos deliciosos em restaurantes sofisticados ou simplesmente reunir os amigos para comer uma pizza.

Não por menos, o setor está atraindo cada vez mais trabalhadores.

Mesmo com os desafios impostos pela pandemia do coronavírus, os dados da pesquisa do Instituto Foodservice Brasil, os brasileiros pagaram cerca de R$ 164,4 bilhões em refeições fora de casa durante o ano de 2021. Aumento de 35% em relação a 2020.

O fim do isolamento social, aliado ao crescimento do delivery nos últimos anos, tem refletido na abertura de novos estabelecimentos de culinária. Por isso, o aumento da procura por mão de obra qualificada é uma tendência para os próximos anos.

E caso você ainda esteja com dúvidas sobre entrar nesta área, reunimos neste artigo informações valiosas sobre a faculdade de Gastronomia e as principais possibilidades de atuação da carreira.

Como é a faculdade de Gastronomia

Diferente do que muitos pensam, o curso de Gastronomia forma profissionais que lidam com todos os aspectos ligados à alimentação, desde a nutrição e gestão de restaurantes até processos industriais, e não somente ao preparo de alimentos.

O curso de gastronomia é oferecido como bacharelado, com duração média de 4 anos, e tecnólogo, com duração de 2 anos. E são disponibilizados na modalidade presencial e híbrida (parte presencial e outra parte a distância).

Apesar de serem similares, a habilitação em tecnólogo possui maior ênfase na prática da cozinha, no manuseio de alimentos, já o bacharelado possui uma formação mais ampla, com maior carga horária teórica e de gestão gastronômica.

O que se estuda no curso?

A estrutura curricular é bastante diversa e mescla disciplinas teóricas com atividades práticas que trabalham com variados tipos de culinária, como gastronomia brasileira e internacional, confeitaria, panificação, entre outras.

Algumas das disciplinas mais comuns são:

  • Nutrição e Química dos Alimentos
  • Elaboração e Engenharia de Cardápio
  • Inovação Gastronômica
  • Métodos e Técnicas de Gastronomia 
  • Empreendedorismo
  • Gestão de Marketing e eventos, entre outras

Com isso, a faculdade de Gastronomia visa formar um profissional com reconhecida habilidade no preparo de diversos alimentos, com técnicas culinárias aprimoradas, evitando desperdício, além de capacidade de gestão gastronômica.

Locais de trabalho

Como dito anteriormente, o mercado de trabalho para os profissionais de Gastronomia está em crescimento e com oportunidades de emprego em estabelecimentos variados. Vejamos os mais promissores:

Restaurantes

Apesar de serem os mais tradicionais, os restaurantes são os estabelecimentos que mais empregam. Pode ser um restaurante mais simples ou sofisticado, a demanda por profissionais é constante, independente da experiência.

É muito comum estudantes ou recém formados ingressarem em restaurantes como auxiliares e ir progredindo dentro do estabelecimento até alcançarem o cargo de Chef de Cozinha.

Feiras e eventos

As feiras gastronômicas são eventos cada vez mais populares e atraem grande público. Elas são normalmente organizadas com base em um tipo de culinária, por exemplo, comida nordestina, vegetariana e churrasco.

Por terem um grande fluxo de pessoas, esses eventos são uma boa oportunidade para quem possui pequenos negócios, pois podem divulgar sua marca e alcançar um grande número de vendas.

Hotéis de luxofuncionario-de-hotel-carregando-um-prato-gastronomico

Voltados para atender os hóspedes do hotel, esses restaurantes são locais em que a clientela é bastante exigente, mas normalmente oferecem altas remunerações, além do prestígio e reconhecimento como profissional de alto nível.

Dark kitchens

As dark kitchens são uma modalidade de trabalho que surgiu e cresceu durante a pandemia do COVID-19. Elas consistem em cozinhas que trabalham unicamente com delivery, não há opção de consumo no local.

Essa opção é uma boa oportunidade para quem não possui um espaço adequado para recepcionar o público e também oferece um custo reduzido por não precisar dispor de uma equipe grande para fazer o atendimento do cliente.

Cargos e salários

Assim como outras profissões, no ramo da culinária existem diversos cargos e a remuneração varia de acordo com a experiência, a localização, entre outros fatores.

De acordo com o Banco Nacional de Empregos (BNE), um cozinheiro em início de carreira recebe entre R$ 1.100,00 e R$ 2.500,00. Da mesma forma, um Chef de Cozinha recebe em média a partir de R$ 1.700,00 no início da carreira e pode chegar a mais de R$ 11.000,00 com anos de experiência.

Os principais cargos são:

  • Auxiliar de cozinha
  • Cozinheiro geral
  • Chapeiro
  • Garde Manger (especialista em pratos frios e saladas)
  • Chef confeiteiro
  • Chef de Cozinha

Há ainda outros cargos mais alternativos como Personal Chef e o Consultor, cargos que cresceram muito nos últimos anos.

O Personal é um cozinheiro que atende os clientes diretamente em suas residências, com jantares exclusivos ou preparo de refeições para a semana. A remuneração varia de acordo com a quantidade de clientes atendidos e o preço definido previamente.

Já o Consultor é um profissional especialista em auxiliar os estabelecimentos na organização e planejamento de sua estrutura, seja atuando na elaboração de um novo cardápio ou com treinamentos específicos para a equipe de cozinheiros e o salário depende da duração da consultoria, que pode ser de semanas ou até meses.

Como pode ver, as possibilidades profissionais para quem cursa a faculdade de Gastronomia são bastante diversas com possibilidades de ótimos salários. Por isso, se sonha ingressar na área, confira nosso vestibular online e comece o curso o quão antes.

Leia mais:

Como é o curso de Gastronomia?

Quais as profissões mais bem pagas do Brasil

Mudar de carreira é possível e uma segunda graduação pode te ajudar!

POSTS RELACIONADOS