Acesse nosso portal

Blog EAD Nossa Sra da Glória

Seguro educacional: continue estudando sem medo da crise

Postado por Cleiton Miranda on 15-09-2017 14:26

Seguro Educacional

Você evita fazer dívidas ou compras parceladas, com receio de acontecer algo que te impeça de poder pagá-las até o final? Leva essa mesma linha de raciocínio quando o assunto é cursar uma faculdade particular? Gostaria de ter a segurança para continuar frequentando as aulas, com a cobertura das mensalidades, mesmo se alguma situação inesperada ocorrer?

Para garantir a continuidade do seu curso, existe o seguro educacional. Para ter direito a esse benefício, há alguns requisitos a serem preenchidos em cada categoria. Vamos detalhá-las a seguir, explicando a você como funciona essa importante proteção para o estudante matriculado na universidade.

Não deixe de conferir!

Seguro educacional

A crise econômica, principal fator que motivou a criação do seguro educacional gratuito, é um dos maiores temores dos estudantes no momento de cursar uma faculdade. Por isso, o desemprego é um dos casos mais frequentes para a utilização do benefício, juntamente com falência da empresa, ou incapacidade física temporária por acidente do estudante, ou seu responsável financeiro.

Para as situações citadas acima, a instituição de ensino compromete-se com o pagamento de todas as mensalidades restantes do semestre em questão. Em caso de falecimento do responsável financeiro, o estudante estará coberto até o fim do curso, com todas as mensalidades restantes garantidas, até a formatura.

Condições gerais para poder ter o direito ao seguro educacional gratuito

Apenas alunos já matriculados e com as mensalidades em dia no momento da ocorrência do fato que impossibilitou a continuidade do pagamento das mensalidades podem valer-se do seguro educacional.

Importante lembrar que a rematrícula para o semestre seguinte precisa ter sido efetuada para que você tenha direito à cobertura, caso o sinistro (motivo da incapacidade de honrar as mensalidades) aconteça durante o período de férias.

Quando o estudante é dependente financeiramente, será necessário a comprovação por meio de documentos. Da mesma forma, é preciso apresentar a carteira de trabalho (desemprego), atestado médico (incapacidade física temporária), atestado de óbito (falecimento do responsável financeiro) e atestado de recuperação judicial (falência).

Uma boa notícia: alunos que já possuem financiamento estudantil ou bolsa de estudo parcial também podem usufruir do seguro educacional gratuito e suas coberturas.

Desemprego

Em caso de perda do emprego, as chances de recolocação diminuem de forma considerável se também não for possível dar prosseguimento ou terminar os estudos.

Em tempos de crise, o seguro educacional gratuito é uma poderosa ferramenta de apoio para o estudante que pretende seguir com a sua formação. Estando o curso diretamente ligado à possibilidade de novas oportunidades de trabalho, o estudante consegue um pouco de tranquilidade e maiores chances por meio desse grande incentivo.

Não são raros os casos de estudantes que encontram-se na obrigação de abandonar a universidade quando enfrentam o desemprego.

Para poder utilizar o seguro educacional, o aluno (ou seu responsável financeiro) precisa comprovar algumas situações. O tempo de emprego por 12 meses consecutivos antes da data do sinistro, o não enquadramento em aviso prévio, nem em programas de demissão voluntária ou justa causa são as principais.

Por último, mas não menos importante, devemos lembrar quais atividades não ajustam-se ao benefício do seguro educacional: estagiários, contratos de trabalho temporário, provisório ou por prazo determinado. Também aposentados em funções sem carteira assinada, pessoas em período de experiência, profissionais liberais e pensionistas.

O seguro educacional é um ótimo avanço diante da crise, concorda? Por conta dele, muitos estudantes têm conseguido terminar as suas graduações. Você utilizaria o seguro educacional? Conte pra gente nos comentários!

Conheça os Cursos EAD UNIT

Leia também: Financiamento Estudantil para Graduação On-Line. Isso existe?

Cleiton Miranda

Escrito por Cleiton Miranda

Topics: Seguro Educacional