Você já conhece o novo FIES?
Saiba como financiar seu estudo usando o FIES.

Perguntas Frequentes

Para concluir os procedimentos de contratação, você deve comparecer à Central de Atendimento Fies da Unit com os documentos originais e cópias, conforme a lista abaixo:

  • 1 - Comprovante de inscrição extraído do site SisFies;
  • 2 - RG (ou certidão de nascimento, no caso de menores de idade);
  • 3 - CPF;
  • 4 - Histórico escolar do ensino médio;
  • 5 - Comprovante de residência (atual) em nome do aluno ou de um dos membros do grupo familiar;
  • 6 - Comprovante de renda:
  • 6.1 - Se assalariado: 6 últimos contracheques;
  • 6.2 - Se autônomo: Decore ou GPS dos 3 últimos meses;
  • 6.3 - Se aposentado: extrato do INSS (www.mpas.gov.br);
  • 6.4 - Imposto de Renda, para quem declara;
  • 7 - Carteira de trabalho, para todos maiores de 18 anos (cópia das páginas: foto, qualificação civil, contrato de trabalho do último vínculo e a próxima página em branco). Obs.: para os membros que estão há mais de dois (02) anos sem vínculo empregatício ativo, deve-se trazer uma declaração emitida pelo Ministério do Trabalho constando que não há vínculo empregatício ativo.
  • 8 - Certidão de óbito (caso algum dos membros do grupo familiar tenha falecido);
  • 9 - Declaração de casamento ou divórcio (do aluno e dos membros do grupo familiar), se for o caso;
  • 10 - Declaração de união estável (com firma reconhecida em cartório) do aluno ou do grupo familiar, caso não possua o item acima, se for o caso;
  • 11 - Declaração de não convivência (com firma reconhecida em cartório), quando os pais estão em fase de separação, se for o caso.

Lembre-se: você precisa trazer seus documentos e dos membros da sua família que foram cadastrados no sistema (originais e cópias).

Período de Inscrições: entre 16 e 22 de julho(23:59min)

O resultado da pré-seleção referente ao processo seletivo do segundo semestre de 2018 para modalidade do Fies e do P-Fies será divulgado no dia 27 de julho de 2018 e observará o seguinte:

  • I - na modalidade de financiamento do Fies, os resultados serão constituídos de chamada única e de lista de espera;
  • II - na modalidade de financiamento do P-Fies, os resultados serão constituídos apenas de chamada única.

O novo Fies traz como benefícios, por exemplo, menos juros aos alunos que mais precisam, maior prazo, maior transparência com as informações e com os parâmetros de reajuste das mensalidades, e maior governança com a implementação de um comitê gestor interministerial.

Estudantes de todo o Brasil com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos, com nota mínima de quatrocentos e cinquenta pontos no ENEM e que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero);

O novo Fies é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

O novo Fies tem três modalidades de financiamento:

  • Modalidade I: destinada à oferta de vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda, fazendo com que os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuam consideravelmente.
  • Modalidade II: destinada às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.
  • Modalidade III: destinada a todas as regiões do Brasil com recursos do BNDES. Assim como a modalidade II, será destinada para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.

O FIES I é um financiamento estudantil ofertado diretamente pelo governo para o estudante, tendo, por isso, um baixo custo. Já a segunda modalidade é um financiamento ofertado pelas instituições financeiras, as quais contam com recursos públicos e, por essa razão, são capazes de ofertar um financiamento mais barato que o mercado, porém mais caro que o da Modalidade I.

Na modalidade I, o Fies ofertará financiamento para o aluno com faixa de renda per capita de até três salários mínimos e terá o auxílio do Fundo Garantidor, que será composto de um aporte da União e de aportes das Instituições de Ensino. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda. Já as modalidades dois e três são destinadas a estudantes com renda per capita mensal de até cinco salários mínimos. No caso da modalidade II, terão como fonte de financiamento recursos de Fundos Constitucionais e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na modalidade III.

  • É vedada a inscrição no Fies ao estudante:
  • Que não tenha sido pré-selecionado no processo conduzido pelo MEC;
  • Inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC) ou com o FIES;
  • Beneficiário de bolsa integral do ProUni;
  • Beneficiário de bolsa parcial do ProUni em curso ou IES distintos da inscrição no FIES;
  • Que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas inferior a quatrocentos e cinquenta pontos e/ou nota na redação igual a zero;
  • Cuja renda familiar mensal bruta per capita seja superior a três salários mínimos.
Inscreva-se* no FIES * Consulte vagas disponíveis e Edital disponibilizado pelo MEC.

Não conseguiu o FIES?
Conheça o Financiamento Estudantil Facilitado, FIEF.

Você já conhece o novo FIES?
Saiba como financiar seu estudo usando o FIES.

Universidade Tiradentes
Av. Murilo Dantas, 300 - Farolândia 49032-490 Aracaju - Sergipe - Brasil
  • Tel: 0800 729 2100