<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2053580204719639&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Acesse nosso Portal
   

O perfil do aluno no ensino superior passou por muitas mudanças nos últimos anos. A diversidade tem crescido bastante nas universidades e cada dia é mais frequente que pessoas perto dos 30 anos resolvam fazer faculdade. Muitos começam a primeira graduação ou realizam um segundo curso superior.

De acordo com levantamento sobre o Censo Inep 2015, é possível perceber que o aluno que ingressa na universidade atualmente está mais velho. Estima-se que um em cada três universitários brasileiros tem idade perto dos 30 anos. Isso significa que está valendo a pena para muita gente continuar ou começar a fazer faculdade nessa faixa etária.

shutterstock_431101354.jpg

As pessoas estão mais interessadas nas vantagens de uma graduação e a idade não é mais desculpa para não buscar novos desafios. Para explicar melhor essa tendência, vamos listar os motivos e vantagens de fazer uma graduação perto dos 30 anos. Lembre-se: nunca é tarde para conseguir um diploma.

Amadurecimento emocional e profissional perto dos 30 anos

Muitas vezes, os jovens precisam escolher uma carreira sem ter maturidade ou deixam de lado a verdadeira vocação para  fazer faculdade e entrar logo no mercado de trabalho. A pessoa que está na faixa dos 30 anos já tem bastante experiência, manteve relacionamentos pessoais ou profissionais e também passou por muitos desafios. Com a experiência que conseguiu, aumentam as chances de escolher os melhores caminhos e tomar decisões certeiras na carreira.

Mais experiente, o aluno sabe a melhor forma de conseguir conhecimentos e ser produtivo. Consegue ser objetivo nas tarefas, até porque isso é uma necessidade, já que o seu tempo é dividido entre outras atividades, como emprego, lazer e família.

Turbinar a carreira aos 30 anos

Os principais motivos para quem busca uma graduação superior  e resolve estudar depois dos 30 anos é ter melhores oportunidades de emprego ou avançar na carreira dentro da empresa em que já se dedica.

Considerando a questão dos salários, o profissional pode dobrar a renda após concluir uma graduação. A renda dos profissionais graduados aumenta consideravelmente e em alguns casos, o salário é três vezes maior  comparado a quem não tem um diploma e cerca de 140% a mais.

Já no caso de quem quer fazer uma segunda graduação, pode ser a oportunidade ter duas profissões ou mudar totalmente de área. O mercado de trabalho vem modificando e ter a garantia de renda em outra profissão pode ser sinônimo de estabilidade.

Estratégia e dedicação

Ficar mais velho significa ter mais responsabilidade, o que demanda mais tempo e energia. Por isso, pessoas mais maduras que decidem estudar depois dos 30 anos sabem administrar melhor suas obrigações e tarefas e assim alcançam bons frutos.

Para ter sucesso na escolha do curso, o estudante perto dos 30 anos  deve levar em consideração o tempo e o custo das mensalidades. O aluno mais velho tem muitas outras obrigações financeiras. O gasto com educação deve ser planejado para evitar problemas.

Como também o tempo de curso deve ser analisado. Algumas modalidades de graduação podem ter menos de quatro anos, mas são mais voltadas para o mercado de trabalho, que é o caso dos cursos tecnológicos. O aluno pode escolher em fazer um curso presencial ou de ensino a distância (EaD).

Decidiu pela segunda graduação? Confira os cursos que a Facipe oferece a você!

Conheça nossos cursos!

Topics: Faculdade, Vestibular Facipe

Rafael Fonseca

Written by Rafael Fonseca