<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2053580204719639&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

 

 

O que é Biomedicina?

A Biomedicina, também chamada de Ciências Biomédicas, é uma área responsável pelo estudo, investigação e classificação dos agentes patológicos que causam doenças na sociedade.

É um curso que ensina, durante os meses de estudo, a desenvolver novos métodos de diagnóstico, tratamento e prevenção de enfermidades. 

Por outro lado, a faculdade de Biomedicina também busca fortalecer e expandir o volume de projetos e pesquisas inovadoras no ramo preventivo, aumentando, assim, a qualidade de vida das pessoas que precisem de tratamento.

Além disso, a Biomedicina também promove a criação de novos medicamentos e vacinas mais eficazes, contribuindo para a Medicina, como um todo.  

 

O que faz um biomédico?

O Biomédico é responsável por realizar análises de amostras, fazendo a classificação, estudo e investigação do que foi coletado.

Pode agir, ainda, de forma integrada com profissionais de áreas relacionadas e com vários setores do sistema de saúde, atuando como agente transformador da Medicina, através da elaboração de novos tratamentos, medicamentos e prevenções.

 

Então, Biomedicina e Medicina são a mesma coisa? 

Não, mas são áreas complementares.

Aliás, é comum haver questionamentos sobre qual é a diferença entre Biomedicina e Medicina, uma vez que são ciências muito parecidas. 

Porém, não são a mesma coisa (e aqui está o porquê):

O médico atua consultando pacientes, identificando sintomas de doenças e prescrevendo medicamentos, enquanto o biomédico utiliza e coleta os dados levantados pelo médico para fazer pesquisas e descobrir meios de formular novos remédios e vacinas. 

Então, o que se pode dizer é que uma área contribui para a melhor realização das tarefas da outra, de forma mútua.

 

Onde o biomédico pode trabalhar?

Isso depende de alguns fatores, pois o concluinte de uma graduação em Biomedicina é o profissional capaz de compreender as transformações do corpo humano e sua relação com o ambiente em que vive, de um modo geral.

Por esse mesmo motivo, é muito requisitado e possui um amplo mercado de trabalho quando conclui a faculdade.

 

Ouvi dizer que o biomédico só pode trabalhar em laboratórios...

Não é totalmente verdade.

Quando se fala em empregabilidade, vê-se, de fato, que a Biomedicina é um campo da saúde e, geralmente, possui áreas de atuação em clínicas laboratoriais.

No entanto, o biomédico não está limitado apenas ao setor hospitalar uma vez que pode atuar em qualquer setor que for requisitado.

Assim, o profissional formado nesse curso está habilitado para trabalhar em:

 

Hospitais, laboratórios e hemocentros

  • Executando exames clínicos em laboratórios e hospitais para ajudar a identificação de agentes causadores de doenças humanas;
  • Realizando exames que possibilitem o diagnóstico por imagem.

 

Centros de pesquisa e análises genéticas

  • Identificando pessoas através de análises genéticas e de biologia molecular (crimes, paternidade);
  • Resolvendo crimes por meio de análises de fluidos e tecidos.

 

Biotecnologia

  • Pesquisando e desenvolvendo produtos obtidos por biotecnologia, como medicamentos e vacinas.

 

Indústria de medicamentos

  • Fazendo manipulação de microrganismos para que possam ser industrializados como medicamentos;
  • Atuar na saúde e bem-estar da Biomedicina Estética, entre outras funções.

 

Instituições de Ensino Superior

  • Lecionando em cursos de graduação ou pós-graduação em Biomedicina como docente universitário.

 

O que se estuda na faculdade de Biomedicina?

Então, durante a faculdade de Biomedicina, o estudante entra em contato com diversas disciplinas da área de Ciências Biológicas e saúde, a fim de aprender sobre o funcionamento do corpo humano, suas alterações e os microrganismos que o afetam.

Desse modo, ao longo do curso de Biomedicina, alguns dos conhecimentos explanados envolvem: 

  • Biologia molecular,
  • Bromatologia,
  • Fisiologia,
  • Farmacologia,
  • Imagenologia
  • Parasitologia, entre outros.

No fim, após a conclusão do curso, é necessário ter o registro no Conselho Regional de Biomedicina para exercer a profissão.

 

Por que fazer um curso de Biomedicina em Recife?

Porque, além de outras coisas, o mercado de trabalho para um ex-aluno de uma faculdade de Biomedicina em Recife é bastante convidativo já que o setor que mais necessita de biomédicos é um dos maiores da área médica: o de análises clínicas.

Inclusive, a oferta de vagas também é grande em algumas subáreas de Biomedicina, como a biologia molecular, citologia oncótica e imagenologia.

Nesse sentido, hospitais, laboratórios de análises clínicas, institutos de pesquisas, universidades e a indústria também absorvem muitos dos profissionais formados em um curso de Biomedicina.

 

O curso garante alta demanda de emprego

Com os constantes investimentos na área de saúde, o biomédico encontra dezenas de oportunidades no mercado de trabalho.

Além disso, a remuneração atrativa e a possibilidade de contribuir para a saúde e bem-estar da sociedade são bons motivos para que você escolha essa profissão.

 

Quer mais conteúdo?

Baixe o eBook de Biomedicina!

ebook biomedicina unit pernambuco

 

preço-do-curso-de-biomedicina-em-recife

Mensalidade

R$ 1.011,01

curso-de-biomedicina-presencial-em-recife

Modalidade

Presencial

quais-são-os-assuntos-do-curso-de-biomedicina-em-recife

Matriz Curricular

Veja aqui!

como-é-o-curso-de-biomedicina-em-recife

Informações do curso

Portaria MEC n°. 249 de 30 de Junho de 2016

Bacharel

Carga horária: 3.220 horas

Duração do curso: 08 semestres

melhores-professores-de-biomedicina-em-recife

Corpo Docente

Composto de profissionais que são referência no mercado

Quer saber

mais sobre a 

Graduação

dos seus sonhos?

Realize um cadastro rápido para obter outras informações e comece a trilhar uma carreira de sucesso com a Unit-PE!