emec

Como criar um bom perfil no LinkedIn?

O LinkedIn se tornou a ferramenta mais importante para conseguir emprego em algumas áreas. O que torna necessário criar um perfil atrativo na rede social.


Já há algum tempo existem formas alternativas de se conseguir uma oportunidade de trabalho, e ter um bom perfil no LinkedIn é imprescindível para atrair recrutadores

O LinkedIn é uma rede social de negócios lançada em 2003 na Califórnia, Estados Unidos. Uma plataforma destinada a fins profissionais, como fazer networking, conhecer novas empresas, acompanhar as que admira, encontrar especialistas em diferentes áreas e conseguir emprego.

A pesquisa SHRM Survey Findings: Social Networking Websites and Recruiting/Selection, feita pela Society for Human Resource Management (SHRM), associação norte-americana para profissionais de Recursos Humanos, descobriu que cerca de 90% dos recrutadores usam o LinkedIn para encontrar novos talentos.

Das 122 milhões de pessoas que conseguiram entrevistas pela rede social até 2017, 35,5 milhões foram contratadas. Um estudo do próprio LinkedIn aponta que profissionais empregados pelo site têm 40% menos chance de se desligar da empresa nos primeiros seis meses.

Mas para que tudo isso aconteça, é preciso que os perfis estejam de acordo com as características principais da plataforma e que tenham informações relevantes para as equipes de recrutamento e seleção.

Com isso, veja abaixo algumas dicas de como criar um bom perfil no LinkedIn.

Preencha todas as informações

O próprio sistema do LinkedIn aponta quais informações seus usuários devem preencher para que o perfil fique completo.

Isso inclui nome, foto de perfil, breve apresentação e experiências profissionais. Se você tiver trabalhos voluntários, reconhecimentos e premiações, licenças e certificados e conhecimento em outros idiomas, não hesite em incluí-los.

É interessante também escrever um breve resumo sobre alguns dados, como as suas principais funções em empregos anteriores, voluntariados e projetos pontuais.

Tudo isso serve para fortalecer o seu perfil e mostrar todas as suas experiências e habilidades.

Use palavras-chave

Ao fazer uma pesquisa no Google, coloca-se termos associados à busca. Se deseja saber como se comportar em uma entrevista de emprego, por exemplo, pode digitar “dicas entrevista” ou “melhores práticas entrevista”.

A inteligência do Google vai encontrar conteúdos que tenham essas palavras e vai te entregar os melhores resultados. Com o LinkedIn, não é muito diferente.

Como qualquer rede social, a plataforma tem uma seção de busca. Lá é possível encontrar pessoas, empresas e vagas. Ao adicionar palavras-chave ao seu perfil, aumentam as chances dos recrutadores chegarem até você.

A dica é adicionar termos que tenham a ver com a sua profissão, formação, especialização e/ou cargo atual. Alguém que trabalha com redes sociais, por exemplo, pode incluir os termos “social media”, “branding”, “conteúdo”, “mídia e performance”, etc.

É importante que os termos sintetizem a sua experiência profissional e sejam comumente associados a sua área.

Foto de perfil e capafoto-de-perfil-para-o-linkedin

O LinkedIn tem fins profissionais, então as imagens que você colocar na plataforma devem estar de acordo com isso, principalmente as que mostram quem realmente é.

Evite filtros exagerados, roupas e poses provocantes e fotos que não tenham uma boa visualização do seu rosto. 

Para a capa do perfil, é possível colocar o que quiser, mas é ainda mais interessante - se possível - incluir uma imagem que tenha a ver com a sua profissão.

Também é importante destacar que essa identidade visual deve fazer sentido com a carreira de cada pessoa. É normal que um profissional de marketing tenha fotos mais descontraídas e informais, o que seria curioso no perfil de quem trabalha na área de Direito, por exemplo.

O estilo das fotos, portanto, depende da atuação e personalidade de cada um, mas sempre com a ressalva de que o LinkedIn é uma rede social profissional, um cuidado que deve ser seguido.

Personalize sua URL

Personalizar a URL do seu perfil é importante porque faz com que o seu perfil seja encontrado com mais facilidade e tenha um visual mais amigável para incluí-la no seu currículo, assinatura de e-mail ou outros meios.

Ao invés do seu link ter vários números e letras, é interessante incluir o seu nome. Como a URL de cada usuário é única, ou seja, não existe a possibilidade de existir duas iguais, talvez seja um pouco difícil encontrar algo que já não esteja em uso.

A dica é encontrar variações do seu nome, como abreviações ou um apelido. Tente deixar o mais simples possível e parecido com o nome que está no seu perfil do LinkedIn.

Informações em destaque

Profissionais do RH e até mesmo alunos da faculdade de gestão de recursos humanos podem confirmar como agem e o que percebem ao procurar e visitar perfis que julgam adequados no LinkedIn.

E pensando nisso, essa é uma das principais dicas de como criar um bom perfil no LinkedIn. No perfil de todos os usuários, há a opção “Em destaque”. A seção é destinada para que coloque as informações que acredita que devem ser vistas.

O conteúdo varia de pessoa para pessoa. Pode ser um projeto de sucesso que tenha feito na faculdade ou no trabalho, um artigo publicado, currículo, portfólio, links de vídeos ou até podcasts que tenha participado.

Analise suas conquistas profissionais e acadêmicas e selecione aquilo de que se orgulha e que acha que pode te trazer boas oportunidades. 

Competências

Na seção competências, inclua suas habilidades (hard e soft skills) de destaque. Isso vale para ferramentas, tecnologias, idiomas, aptidões interpessoais, entre outros.

Depois de incluir essas informações, pessoas que trabalham ou já trabalharam com você podem recomendar uma competência específica, atestando que realmente domina aquilo como diz.

Recomendações

Nem todo mundo sabe sobre essa função, mas ela pode ser uma adição poderosa para quem quer saber como criar um bom perfil no LinkedIn porque traz mais credibilidade. 

Através dela é possível pedir para que antigos chefes ou colegas de trabalho escrevam recomendações no seu perfil, relatando os motivos pelos quais é um bom profissional.

Os textos são pequenos depoimentos da experiência pessoal de cada um, mas é interessante destacar elementos como conhecimento técnico e operacional, postura profissional e alguns pontos da sua personalidade que valem ser mencionados.

Quando um usuário faz uma recomendação sobre alguém, o LinkedIn o notifica para que o texto seja aprovado e, então, apareça no perfil.

Agora que já sabe como deixar seu perfil no LinkedIn mais atrativo, não deixe de atualizá-lo sempre que possível e lembre-se que existem muitas formas de se destacar por meios digitais, como produzir um portfólio digital ou realizar um vestibular online.

 

Leia mais:

LinkedIn: 12 personalidades inspiradoras para seguir

A importância da elaboração de um bom currículo

Quais as profissões mais bem pagas do Brasil

banner-jornada-do-sucesso

Como construir uma carreira de sucesso?

Nossos especialistas produziram conteúdos incríveis para que você possa descobrir como construir uma bela jornada no mercado de trabalho e uma carreira inovadora.

Inscreva-se agora

MAIS LIDAS DO MÊS

10 características de um líder de sucesso
Origem dos idiomas: como surgiram as línguas que conhecemos?
Saiba como aproveitar disciplinas na segunda graduação EAD
Transferência entre universidades:  4 erros que você não pode cometer
5 dicas infalíveis para conseguir aumento salarial
Inglês instrumental: já ouviu falar?
4 bons motivos para cursar Engenharia Mecatrônica

POSTS RELACIONADOS