Como é o curso de enfermagem?

Uma das áreas mais necessárias no mundo, principalmente durante e depois da pandemia, é a enfermagem. Que requer profissionais qualificados!


O curso de Enfermagem forma trabalhadores fundamentais na área da saúde. Descubra aqui tudo o que precisa saber sobre o curso e a profissão!

A Enfermagem faz parte das Ciências Biológicas (em especial aquelas que integram a área da Saúde), e nos últimos anos o interesse pelo curso de graduação tem crescido. Esse crescimento é reflexo direto da compreensão da importância dessa profissão.

Além disso, a pandemia do Covid-19 demonstrou a importância de todos os trabalhadores da Saúde.

Por se tratar de uma doença que não possuía cura ou vacina inicialmente, a opção era acompanhar de perto o estado dos pacientes, e aqui entra o papel do enfermeiro(a).

Responsáveis por dar assistência aos pacientes, acompanhando cada internado de perto, monitorando seus indicadores de saúde e tomando medidas emergenciais, estes profissionais atuaram na linha de frente, em conjunto com os médicos, no combate à doença.

Apesar do alto número de óbitos que tivemos na pandemia, esses números seriam ainda maiores sem o trabalho incessante de enfermeiros(as). Por isso, cada vez mais estudantes desejam ingressar no curso de enfermagem.

Pensando nisso, reunimos neste artigo diversas informações para te ajudar a conhecer mais sobre o curso e a profissão de enfermeiro(a).

Como é o curso de enfermagem?

O curso de graduação em Enfermagem oferece uma formação sólida em conhecimentos de Anatomia, Fisiologia e patologias diversas, além de abordar questões mais sociais como Psicologia e Sociologia.

A graduação oferece diploma de bacharel ou licenciatura (para quem deseja atuar como docente), nas modalidades presencial e semipresencial, com parte do curso feito à distância. O curso tem duração média de 5 anos.

Independente da modalidade e do diploma escolhido, é obrigatório a realização de estágio para obtenção de experiência prática, além do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Algumas das disciplinas que compõem o curso, são:

  • Anatomia Funcional e Sistêmica
  • Farmacologia e Terapia Medicamentosa
  • Fisiologia
  • Bioquímica
  • Introdução as Práticas de Enfermagem
  • Microbiologia
  • Parasitologia
  • Educação em Saúde
  • Ética
  • Gestão Hospitalar e Gestão da Atenção Primária à Saúde,
  • Psicologia
  • Citologia e Histologia

A grade curricular pode sofrer alterações de acordo com o perfil da faculdade. Algumas possuem maior foco em atendimento ao idoso, por exemplo.

Como é o trabalho do enfermeiro?

Como vimos anteriormente, o curso de Enfermagem é responsável por formar profissionais que atuam na assistência aos pacientes, aplicando procedimentos iniciais de tratamento após análise médica e até intervenções de caráter emergencial.

Mas, o enfermeiro também atua na parte de gestão hospitalar, sendo responsável tanto pela equipe de enfermeiros quanto por outros trabalhadores que mantêm o funcionamento do hospital e/ou clínica médica.

Outra possibilidade é a atuação a domicílio. Nos casos em que a família necessita de uma pessoa para cuidar diariamente de um ente necessitado, ela pode contratar um enfermeiro particular que irá fazer o acompanhamento direto na casa da família.

As áreas de trabalho mais comuns são as seguintes:

Gestão de Enfermagem

Aqui o foco é na gestão da equipe de enfermeiros, cuidando da organização do dia-a-dia, escalas de plantão, participando de reuniões com outros gestores e a diretoria do hospital.

Atendimento Geriátricoaluna-do-curso-de-enfermagem-acompanhando-uma-senhora-de-idade

O atendimento dos mais idosos é uma área interessante mas que demanda muita atenção e cuidado, seja nos centros médicos ou no atendimento à domicílio.

Enfermagem Médico-cirúrgica

Nesse ramo, o enfermeiro(a) é responsável por auxiliar os médicos durante os procedimentos cirúrgicos, incluindo o preparo dos pacientes, a organização das salas de cirurgia e o pós-operatório.

Enfermagem do Trabalho

Aqui, o enfermeiro(a) é responsável por realizar atendimentos de primeiros socorros em empresas e escolas, além de ministrar palestras e programas sobre saúde e primeiros socorros.

Independente de qual área deseja atuar, é obrigatório que o enfermeiro(a) possua o registro do Conselho Regional de Enfermagem (Coren), que é o órgão responsável por regular a profissão.

Qual a diferença entre o médico e o enfermeiro?

É muito comum as pessoas pensarem que a faculdade de Enfermagem é uma simplificação da faculdade de Medicina, mas isso é fruto do desconhecimento sobre como é o curso de Enfermagem e o de Medicina.

O médico(a) trabalha avaliando o estado de saúde dos pacientes, identificando sintomas e descobrindo causas de doenças, realizando diagnósticos, além de prescrever tratamentos e remédios.

Por isso, as funções do enfermeiro(a) e do médico(a) são bastante distintas, mas são complementares: os dois são necessários para que a recuperação do enfermo seja eficiente.

Quanto ganha um enfermeiro?

A remuneração de um enfermeiro(a) varia de acordo com cada estado. No início de carreira, o salário médio no Brasil é de R$ 3.136,00, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Mas, esse salário pode chegar a quase R$ 10.000,00 mensais dependendo da especialização e do tempo de trabalho do profissional. De acordo com o Caged, um Enfermeiro(a) Neonatologista chega a ganhar R$ 9.139,18.

O salário do profissional da Enfermagem é reflexo direto de sua valorização no mercado de trabalho, que possui uma demanda crescente por novos trabalhadores e do prestígio social cada vez maior.

E se tem interesse na área, confira nosso curso de Enfermagem e comece ainda hoje a construir a sua carreira nessa profissão tão respeitada e necessária.

Leia mais:

A importância no oferecimento de cursos na área da saúde

Nutrição: saiba sobre o curso e mercado de trabalho

Onde trabalhar após terminar o curso de Odontologia

POSTS RELACIONADOS