<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=775767832961976&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Nutrição: saiba sobre o curso e mercado de trabalho

A Nutrição aborda vários aspectos como Anatomia, Bioquímica e Ética na área da saúde, além de preparar o aluno para atuar em várias áreas. Saiba mais!


A nutrição é uma área dentro das ciências biológicas que ganhou grande importância na vida dos brasileiros. Entenda como funciona a faculdade e os aspectos profissionais!

O profissional de nutrição é fundamental para a saúde das pessoas, já que é ele quem cuida de diversos aspectos sobre uma das necessidades básicas do ser humano: a alimentação.

De acordo com uma pesquisa feita pela empresa Quero Educação, a faculdade de nutrição é a oitava mais procurada do Brasil, ficando na frente de medicina veterinária e engenharia civil, por exemplo. 

Os dados foram coletados entre outubro e dezembro de 2021. Abaixo, saiba como funciona o curso e o mercado de trabalho para esta área.

Faculdade de nutrição

Em universidades públicas e particulares, o curso de nutrição (bacharelado) dura cerca de quatro anos, embora também existam modalidades técnicas, de tecnólogo e pós-graduação.

O que se aprende na faculdade de nutrição?

De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais, definidas pelo Ministério da Educação, o curso de nutrição deve cobrir algumas áreas específicas, o que tem certa relação em como funciona a nota do MEC. Para a faculdade de nutrição as áreas a serem cobertas são:

  • Ciências Biológicas e da Saúde
  • Ciências Sociais, Humanas e Econômicas
  • Ciências da Alimentação e Nutrição
  • Ciências dos Alimentos

Considerando características locais, culturais, econômicas e sociais, também são introduzidos conteúdos que abordam os processos fisiológicos e nutricionais dos seres humanos, assim como o papel da nutrição na prevenção e combate a uma série de doenças.

Grade curricular

As disciplinas da faculdade de nutrição dependem muito de cada instituição de ensino, mas é comum que haja algumas matérias em particular, como:

  • Anatomia
  • Bioquímica
  • Citologia
  • Fisiologia Humana
  • Assistência Nutricional da Obesidade
  • Ética de Saúde
  • Microbiologia e Imunologia
  • Farmacologia Básica
  • Doenças Cardiovasculares e Endócrinas, etc.

Com isso, a grade curricular é dividida entre aulas teóricas e práticas, em sala de aula, laboratórios ou até em campo.

Estágio

O Conselho Nacional de Educação indica que um estudante de nutrição deve ter uma carga horária mínima de estágio curricular supervisionado igual a 20% à carga total da graduação para poder pegar o diploma.

Podendo ser remunerado ou não, o estágio tem duração de um ano, com possibilidade para renovação de mais 12 meses. O máximo permitido é de 30 horas semanais.

O estagiário fica responsável pelo suporte ao profissional já formado em todas as suas atividades do dia a dia. As possibilidades para estagiar podem ser encontradas nas diversas áreas da nutrição, listadas logo a seguir.

Mercado de trabalho

profissional-da-faculdade-de-nutricao-atendendo-moca-mostrando-indices-caloricos-em-uma-prancheta

Depois do término da faculdade de nutrição e o cumprimento do estágio obrigatório, o aluno já é um profissional e pode iniciar a busca por empregos.

Ao contrário do que muitos pensam, um nutricionista não precisa apenas atuar em clínicas ou hospitais da rede pública ou privada.

Existem, na verdade, diversas áreas a serem exploradas.

Nutrição clínica

O segmento mais tradicional é o de nutrição clínica, que tem como objetivo tratar e prevenir enfermidades por meio do acompanhamento nutricional.

Os nutricionistas, portanto, avaliam o estado de saúde de seus pacientes e elaboram planos alimentares de acordo com suas particularidades, sempre a fim de que adotem uma dieta mais equilibrada.

Alimentação coletiva

A distribuição de alimentos e refeições em escolas, universidades, empresas, companhias aéreas, entre outros, é determinada e avaliada por profissionais da nutrição.

Os nutricionistas são responsáveis por elaborar os menus, analisar a qualidade dos ingredientes, supervisionar as condições de higiene, preparo, etc.

Isso garante que todas as pessoas recebam comida de boa qualidade e que não façam mal à saúde.

Nutrição esportiva

O nutricionista esportivo tem a responsabilidade de cuidar das condições físicas de atletas de diversos esportes, com a finalidade de obter suas melhores performances nos treinos e nas competições.

Nesse sentido, o plano alimentar segue as especificidades de cada prática e pessoa, com objetivos específicos como perda de peso e de gordura, aumento de músculos, entre outros.

Nutrição funcional

A nutrição funcional pesquisa os alimentos com um olhar mais aprofundado. O objetivo é entender suas configurações nutricionais e como podem proporcionar benefícios ao corpo.

Também tem a responsabilidade de analisar o quadro de cada paciente, relacionando-os com os conjuntos de alimentos mais propícios para seus problemas.

Nutricional comportamental

Esta vertente acompanha os pacientes ao considerar fatores sociais, psicológicos e emocionais. Busca compreender muito mais do que a fisiologia, com o objetivo de ajudar as pessoas a melhorar suas relações com a comida.

É a área mais recente da nutrição e por isso vem crescendo todos os dias.

Nutrição hospitalar

Pacientes internados em ambientes hospitalares precisam seguir dietas especiais para que os quadros clínicos não piorem e que possam melhorar.

Junto a uma equipe multidisciplinar, os nutricionistas elaboram os planos alimentares de seus pacientes, seguindo as recomendações médicas e o estado geral dos pacientes.

Indústria alimentícia

Para a produção de alimentos, é preciso fazer pesquisas, testes e análises para que os produtos sempre cheguem nas melhores condições aos consumidores.

Levando em consideração que há uma preocupação crescente com a alimentação nos dias atuais, bem como um novo interesse em produtos saudáveis, esse é um setor que vem se fortalecendo bastante.

Marketing nutricional

A função do marketing nutricional é entregar aos consumidores todas as informações nutricionais dos alimentos que consomem, como ingredientes, calorias, aviso a pessoas alérgicas, etc.

A tabela nutricional na embalagem de algum produto entra nessa área, bem como outras possíveis ações de conscientização em relação à ingestão de alimentos.

Tem interesse na Faculdade de Nutrição?

E diante de todas essas informações, fica mais fácil decidir se esse é um campo do conhecimento que te interessa para estudar e fazer carreira. Mas se ainda possui dúvidas com relação ao curso, sempre existem formas de saber mais sobre.

Converse com profissionais da área, sejam alunos, professores ou profissionais em ambiente de trabalho. E ao decidir qual faculdade deseja cursar, seja nutrição ou outra, basta prestar o vestibular online da Unit!

Leia também:

Como escolher o curso ideal?

Onde trabalhar após terminar o curso de Odontologia

POSTS RELACIONADOS