emec

Conheça tudo sobre a área de Fisioterapia

A Fisioterapia promove cuidados e recuperação para os movimentos e gestos reproduzidos pelo corpo através de diferentes tratamentos e focos. Saiba mais!


O fisioterapeuta é um profissional egresso do curso de Fisioterapia que atua na prevenção, tratamento, recuperação e reabilitação dos pacientes. Acompanha, ainda, a evolução do quadro clínico e estimula as condições de alta. Conheça os pontos altos da profissão!

De acordo com o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, o fisioterapeuta é um profissional de saúde capacitado a diagnosticar distúrbios relacionados ao movimento.

Conheça a seguir áreas da fisioterapia e como este profissional atua no mercado e na rotina de um profissional.

Fisioterapia e mercado de trabalhofisioterapia-e-mercado-de-trabalho

Atualmente, o Brasil conta com mais de 240 mil fisioterapeutas registrados. Caso você opte por essa carreira, pode esperar receber uma média de R$ 2.188,62 por mês.

Quanto à jornada de trabalho, a lei prevê que o fisioterapeuta deve trabalhar no máximo 30 horas por semana.

O foco das áreas da fisioterapia é prevenir e tratar distúrbios relacionados ao movimento e habilidades físico-motoras. Por isso, o curso superior o capacita a identificar se tais condições foram geradas por alterações genéticas, traumas ou doenças adquiridas.

Isso é importante para decidir em qual direção seguir, fundamentando suas ações em mecanismos terapêuticos apropriados para cada caso.

O que o fisioterapeuta faz no dia a dia?o-que-o-fisioterapeuta-faz

Quando o fisioterapeuta assume um novo paciente, ele se informa acerca do histórico de saúde e realiza exames físicos. Em seguida, desenvolve-se um plano de tratamento adaptado às necessidades e limitações do paciente.

Enquanto para alguns a massagem pode aliviar a dor, outros precisam de estímulos elétricos para ajudar os músculos a contrair, por exemplo.

Possibilidades de áreas de atuação

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o fisioterapeuta pode trabalhar com pessoas que ainda não sofreram lesões, mas precisam de acompanhamento deste profissional por algum motivo, como é o caso dos atletas.

Daí a importância de se especializar após concluir a graduação.

Você pode trabalhar com:

  • Fisioterapia cardiopulmonar - ajudando os pacientes que enfrentam doenças cardíacas ou pulmonares a reconquistar resistência após uma cirurgia;
  • Fisioterapia geriátrica - é outra possibilidade, onde você é responsável por lidar com as necessidades especiais dos idosos e ajudá-los a manterem-se ativos na medida do possível;
  • Fisioterapia ortopédica - atuação profissional mais popular, geralmente requisitada após uma lesão ou cirurgia ortopédica, incluindo terapias como massagem, manipulação de articulações, exercícios, calor ou aplicação a frio e estimulação elétrica;
  • Fisioterapia esportiva - você trabalha, neste caso, ao lado dos preparadores físicos para ajudar os atletas a recuperar o desempenho comprometido e prevenir lesões.

 

Quero fazer uma graduação em Fisioterapia! Onde posso estudar?onde-estudar-fisioterapia

E se o seu sonho é ingressar profissionalmente em uma das muitas áreas da fisioterapia, você pode realizar tal desejo estudando aqui na Unit!

Com duração de 5 anos, o curso de Fisioterapia te ajuda a conquistar o profissionalismo na saúde, se comprometendo com a promoção do bem-estar e qualidade de vida.

Acesso o e-book sobre o curso ou a página da faculdade de Fisioterapia para saber mais da graduação e começar o quanto antes a carreira profissional!

 

Leia também:

Como é a Faculdade de Fisioterapia?

A importância no oferecimento de cursos na área da saúde

O crescimento do mercado de trabalho na área de Enfermagem

E-nook: Curso de Fisioterapia

 

Referências:

Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional

capa-ebook-fisioterapia-blog

Você sabe tudo sobre Fisioterapia?

Acesse o eBook e descubra agora mesmo! Você  irá conhecer tudo sobre o curso de graduação e todos os detalhes do mercado de trabalho.

MAIS LIDAS DO MÊS

10 características de um líder de sucesso
Origem dos idiomas: como surgiram as línguas que conhecemos?
Saiba como aproveitar disciplinas na segunda graduação EAD
Transferência entre universidades:  4 erros que você não pode cometer
5 dicas infalíveis para conseguir aumento salarial
Inglês instrumental: já ouviu falar?
4 bons motivos para cursar Engenharia Mecatrônica

POSTS RELACIONADOS