emec

Qual a diferença entre faculdade e universidade

Saiba quais são as diferenças entre faculdade e universidade e entenda qual se encaixa melhor no que você procura no quesito ensino e pesquisas acadêmicas


O sonho de todo estudante é entrar no Ensino Superior, mas você sabe qual a real diferença entre faculdade e universidade? Descubra aqui!

Entrar em um curso de Ensino Superior é um sonho de vida para diversas pessoas, sejam elas recém formadas no Ensino Médio ou que já possuam idade mais avançada. A razão principal é devido às inúmeras possibilidades que a graduação pode proporcionar a elas.

Segundo dados do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, possuir um diploma de graduação aumenta sensivelmente a qualidade de vida, o salário pode ser até três vezes maior, maior oferta de empregos, estabilidade financeira, entre outros.

Além das questões materiais, há também o maior prestígio profissional e o sentimento de realização pessoal por ter uma profissão certificada. Tudo isso faz os cursos superiores serem muito procurados com crescimento anual do número de alunos matriculados.

Contudo, é muito comum que as pessoas não saibam conheçam a diferença entre faculdade e universidade, principalmente entre os jovens que terminaram a escola e estão se deparando com as novidades da vida adulta.

Apesar de serem frequentemente utilizadas como sinônimos para um mesmo lugar, isto é, um espaço em que os alunos estudam para obter um diploma de nível superior, existe, sim, diferença entre as instituições.

O MEC, Ministério da Educação, é o responsável pela fiscalização e classificação das Instituições de Ensino Superior no país. Segundo os seus critérios, as IES são classificadas em três modalidades, faculdade, universidade e centro universitário.

O que é Faculdade?

As faculdades são IES que possuem foco no ensino de uma determinada área de conhecimento. Por exemplo, há faculdades especializadas na área de Negócios e oferecem apenas cursos de Administração, Economia, Marketing e outros relacionados.

Além dos cursos da graduação, elas podem também oferecer tipos de pós-graduação nas modalidades lato sensu e stricto sensu. 

A maior prioridade desse tipo de instituição é oferecer uma formação mais direcionada ao mercado de trabalho. Porém, há algumas faculdades que possuem estrutura de pesquisa acadêmica, mesmo não sendo seu foco principal.

Quanto ao corpo docente, é obrigatório que pelo menos um terço dele possua a titulação de especialista na área. Não há necessidade de que os professores possuam dedicação exclusiva.

Uma obrigação desse tipo de IES é a requisição de autorização para abrir novos cursos de faculdade. Assim, sempre que desejar oferecer uma nova graduação, ela deve solicitar a permissão junto ao MEC.

O que é Centro Universitário?

Essa segunda modalidade de IES se caracteriza por ser o intermediário entre a Faculdade e a Universidade. Isto é, ela tem maiores liberdades e responsabilidades que a primeira, mas ainda não está no mesmo nível de funcionamento da segunda.

Como Centro Universitário, a IES tem autonomia para criar, organizar ou mesmo encerrar os seus cursos de graduação e pós-graduação sem pedir autorização ao MEC. Com isso, é comum que ofereçam cursos em mais de uma área de conhecimento.

Em contrapartida, é exigido maior rigor do corpo docente, sendo obrigatório que um terço dos professores sejam mestres ou doutores. É também requerido que um quinto deles possuem dedicação exclusiva com a instituição, vedado trabalho secundário.

Apesar de não ser obrigatório, a maioria dos Centros Universitários dispõe de estrutura de pesquisa acadêmica bem consolidada.

O que é Universidade?

O grau máximo fornecido pelo MEC para uma IES é o de Universidade. Essa classificação indica que a instituição possui excelência reconhecida em todos os aspectos de ensino, pesquisa e extensão universitária.

Esse tipo de instituição se destaca pelo seu caráter pluridisciplinar com formação de profissionais em todas as áreas do conhecimento e autonomia total de criação e gerenciamento dos cursos de graduação e programas de pós-graduação.

Outra diferença entre faculdade e universidade é a união das atividades de ensino, pesquisa e extensão. Estas últimas são aquelas promovidas para contribuir com o desenvolvimento da região no seu entorno e, de modo geral, na cidade a qual pertence. 

Com o compromisso de atender este tripé de atividades, a Universidade não só forma profissionais, como também desenvolve pesquisa científica de alto nível em todas as áreas de formação e promove meios para gerar benefícios diretos para toda a sociedade.

Para que tudo isso seja cumprido com excelência, o MEC exige que um terço do corpo docente seja de mestres e doutores e que também um terço dos professores trabalhem em regime de tempo integral na instituição.

O que é melhor Faculdade ou Universidade?faculdade ou universidade qual a melhor escolha

Devido a classificação das Instituições de Ensino Superior organizada pelo MEC, é muito frequente que o público pense que se trata também de uma hierarquia de qualidade, mas isso não é necessariamente verdade.

Esse parâmetro é apenas para organizar o tamanho e as obrigações de cada tipo de instituição. O MEC utiliza outros parâmetros para medir a qualidade das IES, sendo comum que algumas Faculdades consigam o mesmo nível de excelência que as Universidades.

Contudo, pela diversidade de cursos e o dever de manter atividades de ensino, pesquisa e extensão fazem da Universidade uma instituição que possibilita maiores oportunidades para o aluno, sobretudo se houver o desejo de aprofundar-se em produção científica.

Da mesma forma, a exigência de possuir uma parcela significativa de professores com mestrado e doutorado em suas áreas permite que o estudante esteja em contato com profissionais de excelência e destaque na área do curso escolhido.

Diante da dúvida sobre a diferença entre faculdade e universidade, embora a Faculdade não seja uma má escolha, a Universidade proporcionará maiores oportunidades de aprendizado e desenvolvimento profissional. Confira o vestibular online da Unit e faça parte de uma instituição de comprovada excelência.

 

Leia também:

Vale a pena fazer faculdade depois dos 30 anos?
4 formas de fazer faculdade pagando pouco
A vida na faculdade vai mudar você. Entenda como!

capa-ebook-vida-de-estudante

 Vida de Estudante: o que muda depois de entrar na faculdade

Neste e-book, trouxemos um panorama das principais diferenças entre o Ensino Médio e a Universidade.

Confira como a nova rotina na faculdade irá te transformar.

Preencha o formulário abaixo e faça o download. 👇

MAIS LIDAS DO MÊS

10 características de um líder de sucesso
Origem dos idiomas: como surgiram as línguas que conhecemos?
Saiba como aproveitar disciplinas na segunda graduação EAD
5 dicas infalíveis para conseguir aumento salarial
Transferência entre universidades:  4 erros que você não pode cometer
O que faz um profissional de TI: Entenda as áreas de atuação
Educação Física: quais as diferenças entre licenciatura e bacharelado?

POSTS RELACIONADOS