O que você precisa saber sobre a faculdade de Medicina

A faculdade de medicina aborda diversas áreas como a embriologia, fisiologia e a patologia. Saiba também a remuneração média de um profissional médico.


Entenda com mais detalhes o que os alunos estudam na faculdade de medicina, como ingressar no curso e quanto ganham os médicos

Uma pesquisa feita pela empresa de educação britânica Pearson, obtida com exclusividade pela CNN Brasil, mostra que a pandemia aumentou o interesse por cursos superiores na área de saúde.

De acordo com o levantamento global, que entrevistou mais de 2 mil pais e alunos entre 11 e 17 anos, 64% dos pais e mães relataram o interesse por parte dos filhos em temas relacionados à ciência. No Brasil, a porcentagem ficou em 67%.

O Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio de Teixeira (Inep), divulgou o Censo da Educação Superior 2020, que indica o número de ingressantes e concluintes em cursos de graduação e pós-graduação.

Até o período indicado, a faculdade de medicina ficou em décimo lugar no nível de interesse, com mais de 204 mil matrículas.

Fases da faculdade de medicina

Ciclo básico

Com duração de dois anos, o ciclo básico cobre disciplinas mais teóricas. Nesta fase, as matérias são introdutórias, com foco especialmente no funcionamento do corpo humano em seu estado normal, ou seja, sem enfermidades.

Também apresenta tópicos de Ciências Humanas, como antropologia, discussões de casos, comportamentos médicos e visitas em postos de saúde e hospitais.

Ciclo clínico

Nesta etapa, os alunos começam a lidar com os próprios pacientes. Aqui, os estudos sobre doenças são mais aprofundados, abordando causas, tratamentos e patologias.

Internato 

O internato acontece nos últimos dois anos da faculdade de medicina, servindo para que os alunos coloquem seus conhecimentos em prática. Isso só acontece quando são aprovados em todas as disciplinas dos ciclos anteriores.

Nesta fase, a maior parte do tempo é passada em hospitais, com presença em plantões e escalas em várias especialidades da área. É uma rotina pesada, mas muito necessária.

Residência

O estudante de medicina pode se formar como clínico geral e conseguir o registro oficial no Conselho Regional de Medicina (CRM). Caso haja o desejo de se especializar em alguma área, é preciso passar pela famosa residência.

Esse estágio dura de 2 a 5 anos, dependendo da especialidade, e pode somente ser realizado após a conclusão do curso e se a pessoa passar em algum concurso.

Algumas disciplinas do curso

Anatomia

Estudo sobre as estruturas macroscópicas do organismo humano, bem como sua localização, relações anatômicas e funcionais.

Envolve a preparação de peças e a dissecação de corpos.

Biologia celular e molecular

Análise da composição química e estrutural das células e funções de cada composição.

Também engloba o metabolismo de organismos e os processos envolvidos na divisão celular e em relação à hereditariedade.

Histologia

A histologia tem o objetivo de identificar os componentes dos diversos tecidos do corpo humano e estabelecer conexões com as funções dos órgãos.

Imunologia

Os alunos aprendem sobre os mecanismos de defesa do organismo – como reagem a vírus e parasitas e se protegem de doenças.

Fisiologia

Compreende o funcionamento habitual do organismo, cobrindo a integração dos órgãos e demais sistemas do corpo.

Também estuda a morfologia e o sistema respiratório, digestivo, endócrino, nervoso, cardiovascular, etc.

Embriologia

Ensinamentos sobre o desenvolvimento dos organismos a partir do momento da fecundação até o fim do estado embrionário.

Também inclui todas as alterações que possam surgir nesse período.

Patologia

Inclui a aprendizagem sobre doenças e modificações que elas podem causar às pessoas.

Determina ligações com os sintomas e descobertas feitas a partir de exames clínicos e laboratoriais.

Oftalmologiamoça em consulta de oftalmologia durante aula da faculdade de medicina

Estudos das patologias que acontecem nos globos oculares, como preveni-las e curá-las.

Também estabelece relações desses aspectos com reações de outras partes do corpo.

Traumatologia e ortopedia

Trata de assuntos como fratura de ossos, infecções, métodos de tratamento, deformidades, síndromes na coluna, inflamações, afecções degenerativas, entre outros.

Farmacologia

Levanta informações sobre as propriedades de inúmeros medicamentos. Tem o objetivo de orientar o profissional em relação às indicações, contraindicações e possíveis toxinas de remédios.

Da mesma forma, serve para ensinar os estudantes a utilizar os remédios no tratamento de doenças e as reações quando combinados a outras composições.

Como entrar na faculdade de medicina?

Entrar na faculdade de medicina pelo sistema de universidade pública é bastante concorrido.

Pelo Enem, os candidatos precisam tirar, em média, 800 pontos na prova. Instituições estaduais têm notas de corte maiores, geralmente entre 75% e 80% dos acertos das questões.

Universidades particulares também oferecem um vestibular de medicina próprio, como é o caso da Unit, com oportunidades para bolsas parciais e integrais.

Qual o salário de um médico?

O piso salarial de remuneração médica é definido pela Federação Nacional dos Médicos.

O valor mínimo estabelecido pelo sindicato da categoria brasileira em 2022, para uma jornada de trabalho de 20 horas semanais, é de R$ 17.742,78.

Com base no levantamento de mais de 9 mil contratações nos últimos anos, médicos de algumas especialidades têm médias salariais diferentes, como:

  • Nutrologista: R$ 22.884,58
  • Fisiatra: R$ 21.695,88
  • Nefrologista: R$ 17.973,89
  • Hematologista: R$ 17.376,80
  • Endocrinologista e Metabologista: R$ 16.514,55
  • Oncologista Clínico: R$ 15.103,32
  • Geneticista: R$ 14.935,55
  • Generalista: R$ 14.743,52
  • Estratégia de Saúde da Família: R$ 14.490,25
  • Medicina do Trabalho: R$ 14.482,06

Mas é claro que os salários podem variar para mais ou para menos de acordo com o nível de experiência, especialidade, região, cargo, horas trabalhadas e até a instituição contratante.

Caso já esteja decidido a realizar o curso ou precise de mais informações, é só visitar nossa página sobre a faculdade de medicina.

 

Leia também:

Ciências Biológicas e Biomedicina: quais são as diferenças?

A importância no oferecimento de cursos na área da saúde

POSTS RELACIONADOS