<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=775767832961976&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Como economizar estudando e trabalhando ao mesmo tempo?

Descubra como é possível estudar para o vestibular e trabalhar ao mesmo tempo, economizando para manter as finanças em alta!


Unir trabalho e estudo para o vestibular não é tão fácil quanto parece, mas é possível! É bem verdade que a vida corrida torna-se um obstáculo a ser superado na maioria das vezes, mas descobrir como economizar e encontrar o equilíbrio no dia-a-dia costuma trazer bons resultados e muita tranquilidade.

Aliás, a organização dessa rotina que combina trabalho e faculdade pode até mesmo vir de antes, quando ainda se está no processo de escolha do curso, por exemplo. 

Porém, o mais importante de tudo é conseguir manter as finanças em ordem enquanto se estuda e trabalha ao mesmo tempo. Por isso, vamos te mostrar um passo a passo que vai te deixar preparado para vencer os desafios que surgem neste período. Continue lendo!

 

pessoa-estudando-e-trabalhando

Passo 01: conciliando trabalho e estudo para o vestibular

Durante a fase de estudos para o vestibular, muitos estudantes optam por cursinhos preparatórios e essa é uma estratégia válida, uma vez que esses cursos são completamente direcionados ao vestibular, pois tentam recriar a atmosfera das provas desse tipo.

Porém, é fundamental buscar cursos que cabem no orçamento para você estudar com tranquilidade.

Desse modo, você economiza aprendendo bastante com o curso por um determinado período, e a partir dessa experiência e aprendizado, absorve mais rápido técnicas importantes para sua estratégia de estudos. Assim, você acaba desenvolvendo um método e estilo próprios que te auxiliam no progresso com as matérias revisadas, como também durante a prova em si.

Outra dica para economizar com apostilas, livros e demais materiais, é saber utilizar as consultas na internet a seu favor, afinal de contas, filtrar as informações poupam tempo e dinheiro!

 

universitaria-estudando-enquanto-trabalha

Passo 02: fazendo faculdade e trabalhando ao mesmo tempo

Pronto! Você já superou a etapa do vestibular, e agora está estudando no curso que sempre desejou! As responsabilidades aumentam, pois você precisa honrar o pagamento de mensalidades por dois, três, ou até cinco anos, dependendo do curso escolhido na faculdade.

E como fazer isso economizando? Siga as dicas abaixo!

Dica 01: Busque empresas que possuem convênios com faculdades

Diversas empresas possuem convênios com faculdades. Já buscou saber se tem onde você trabalha?

Conseguir descontos nas mensalidades do curso pode ser bem atrativo. Assim, durante o processo de escolha da faculdade é importante verificar isso, porque, além do ganho financeiro, você pode se sentir satisfeito por trabalhar em uma organização que incentiva a formação superior e acredita em seus funcionários.

Dica 02: Trabalhe em locais próximos à faculdade escolhida

estudar-e-trabalhar-como-manter-as-finanças-em-ordem

Trabalhar e estudar em locais próximos é uma boa estratégia para economizar tempo e dinheiro com eventuais despesas como transporte e refeições fora de casa. Afinal, às vezes será preciso fazer pequenos sacrifícios para que não se perca aulas, nem tempo de expediente.

A organização das distâncias, mas também de algum tempo livre é essencial. Poder encaixar trabalhos esporádicos em seu cronograma, como os da modalidade freelancer, desenvolvem habilidades e ainda aumentam o dinheiro na conta-corrente.

Toda reserva financeira será muito bem-vinda neste momento!

Dica 03: Faça um financiamento estudantil

É possível também recorrer aos financiamentos estudantis. Eles podem existir por meio de iniciativas particulares, como também por programas do Governo Federal. Hoje em dia, o mais buscado é o FIEF, um programa privado. Além dele, também existe o FIES (ligado ao Ministério da Educação).

 

Passo 03: conseguindo bolsas e descontos na faculdade

Caso a situação financeira enquadre-se nos requisitos do programa, ainda há a opção de tentar uma bolsa de estudo integral ou parcial no PROUNI, programa Universidade para Todos, do Governo Federal.

Além disso, há faculdades que dão alguns tipos de descontos:

O mais praticado é o desconto por pontualidade, que consiste em pagar a mensalidade até um dia determinado. Isso pode fazer com que você poupe uma boa quantia para reinvestir no mês seguinte. Também são comuns, ainda, descontos por indicação de amigos que efetuarem a matrícula, ou por grau de parentesco.

Viu? São muitas as oportunidades para poupar dinheiro enquanto você estiver estudando e trabalhando ao mesmo tempo. Ao tirar dúvidas no site da faculdade e conversar com a secretaria pode-se conseguir boas informações.

Esperamos que esse guia para equilibrar as finanças tenha sido útil para você!

 

Leia também: 

Ainda é vantagem recorrer ao FIES?

LinkedIn: 12 personalidades inspiradoras para seguir

Descubra a importância do inglês para negócios

POSTS RELACIONADOS