emec

Conheça áreas de atuação da Engenharia Civil

Quem se forma em engenharia civil tem a possibilidade de atuar profissionalmente em outros segmentos também de grande produtividade. Saiba quais!


Uma das profissões mais procuradas em todo o país é a de Engenheiro Civil. Confira as principais áreas da Engenharia Civil em destaque no país!

Com a retomada do crescimento econômico no país, após uma forte paralisação durante a pandemia do Covid-19, a demanda por Engenheiros Civis começa a aumentar novamente, fazendo dessa uma profissão muito almejada entre alguns jovens.

Embora a sua importância e valorização sejam inquestionáveis, ainda é muito comum as pessoas pensarem que ele é apenas o responsável pelo acompanhamento da construção de prédios.

Apesar dessa ser uma das funções mais populares em que esse profissional é empregado, há muitas outras seções em que o Engenheiro Civil possui um papel de destaque para contribuir com o crescimento da economia.

Principais áreas da Engenharia Civil

O Engenheiro Civil é um profissional que atua em diversos setores estratégicos para o desenvolvimento do país. Ele opera funções que cobrem do planejamento até a execução de obras estruturais, mas também pode cuidar do setor produtivo.

Estradas e transportes

Com a predominância do modelo rodoviário para transporte no país, esse setor é um dos que possui uma grande demanda no mercado. Aqui, o Engenheiro atua com planejamento e otimização de rodovias, pontes, mas também ferrovias e portos.

Faz parte desse segmento desenvolver análises para melhorar o tráfego de automóveis nas cidades. O salário de quem trabalha nessa função é em média de R$ 4.500,00 já para quem faz o planejamento de rodovias é superior a R$ 8.000,00.

Geotecnia

Quando o assunto é a expansão da malha metroviária nas cidades, a construção de barragens e hidrelétricas, o Engenheiro especializado em movimentação do solo é essencial para a segurança e sucesso do empreendimento.

Ele é o responsável por fazer análise técnicas das condições do terreno e estabelecer os processos para executar a obra, prevenindo qualquer tipo de risco presente ou futuro.

Por essa razão, o seu salário chega a média de R$ 14.000,00.

Ensino acadêmico

Para formar novos profissionais que irão atuar no mercado comercial, é necessário ter bons professores para ensinar os graduandos.

E além de lecionar, o Engenheiro que trabalha no Ensino Superior também realiza pesquisa científica, orienta trabalhos e participa de congressos que são meios de estimular o segmento e o mercado.

O salário nessa área é bastante variável, podendo ser por hora trabalhada, sendo o valor médio de R$ 50,00 por hora, nesse caso é possível manter outros trabalhos. Ou no caso de dedicação total, pode chegar a uma média de R$ 9.500,00.

Indústria de pré-moldados e materiais de construção

Uma das áreas da engenharia civil pouco conhecidas por quem presta o vestibular presencial - ou mais recentemente o vestibular online - é a de produtos pré-moldados e de materiais de construção.

Aqui o engenheiro é responsável por desenvolver estruturas fora do local final para otimizar e economizar na construção. Também faz parte a análise de materiais, buscando novas tecnologias para auxiliar na aperfeiçoar a obra e melhorar o custo-benefício e a média salarial de quem atua nessa área é de R$ 5.000,00.

Saneamentosaneamento-1

A preocupação com a produção de lixo e esgoto é crescente em todas as cidades, principalmente nas grandes capitais. Analisar e melhorar o sistema de coleta, o tratamento do esgoto, a coleta e aterro dos lixo urbano, e também agir no abastecimento de água.

Tudo isso faz parte das responsabilidades do Engenheiro Civil especializado na gestão do saneamento urbano. Essa é uma função muito importante e em alta no momento, em média, esses profissionais recebem salários na ordem de R$ 17.427,00.

Construção Civil

O setor mais conhecido e que mais emprega formados em Engenharia Civil é o da Construção Civil. As Construtoras são grandes empregadoras por atuarem em diversas obras simultaneamente, sobretudo de prédios comerciais e residenciais.

Aqui o profissional pode trabalhar em diferentes frentes, como o planejamento e estruturação do imóvel, o cálculo e escolha dos materiais a serem utilizados, acompanhamento de obras, entre outras. Isso torna o setor muito atrativo aos iniciantes.

Pela variedade de atribuições, os salários podem variar bastante. Por exemplo, um coordenador de projetos recebe em média R$ 7650,00, por sua vez o responsável pelos cálculos de materiais possui vencimentos na casa dos R$ 7.400,00.

Aqueles que conseguem alcançar o cargo de Diretor recebem os salários mais altos entre todos cargos, sendo os valores superiores a R$ 20.000,00.

Ambiental

Os cuidados com o Meio Ambiente nunca foram tão importantes quanto atualmente, as mudanças nele geram consequências em todas as áreas da vida humana, da flora e da fauna. Por esse motivo, o profissional especializado nessa área está em ascensão.

Entre as suas ocupações estão o desenvolvimento de projetos que ajudem a mitigar o impacto ambiental causado pelas sociedades, seja propondo novos métodos de construção e estruturando projetos que ajudem a diminuir o impacto após a obra concluída.

Um exemplo disso, é avaliar a implantação de jardins suspensos para coleta de CO2 e sistemas de coleta e reutilização de água pluvial para limpezas de ruas, calçadas e pisos, de forma a diminuir o consumo de água potável.

A média salarial em comparação com outras áreas da Engenharia Civil é um pouco menor, aproximadamente R$ 5.000,00. Contudo, a perspectiva é de rápido crescimento para os próximos anos, tendo em vista a importância crescente da questão ambiental.

Há ainda muitas outras possibilidades de trabalho para o Engenheiro Civil. Confira mais informações sobre a faculdade de Engenharia Civil e seja você também um profissional essencial para o desenvolvimento nacional.

 

Leia mais:

Desafios do mercado da construção civil na atualidade

Engenharia Civil: Como é o curso e onde posso trabalhar?

POSTS RELACIONADOS