Quer melhorar a empregabilidade? Faça uma segunda graduação!

Para se destacar em um mercado de trabalho competitivo é necessário ter  criatividade e buscar diferentes formas de especialização. Entre as opções, algumas vezes é melhor, e mais rápido, recorrer aos cursos superiores e optar por retornar à faculdade pra impulsionar a carreira.

Pensar em fazer uma segunda graduação é mais normal do que você imagina e isso acontece por vários motivos: aprofundar a própria formação e conquistar melhores posições nas empresas, facilitar a entrada no mercado de trabalho ou apenas porque não deu match com o curso anterior mesmo. 

se-destacando-no-trabalho

E para mostrar como funciona na prática, trouxemos bons exemplos de como se atualizar profissionalmente fazendo um segundo curso:

  • Alguém com formação em Psicologia pode escolher Serviço Social para se tornar diferenciado e mais capacitado nessa área de atuação;
  • Se um administrador de empresas cursar Marketing estará habilitado para cuidar da empresa e ainda criar estratégias para grandes campanhas;
  • E aqueles que se formaram em Educação Física, podem impulsionar a carreira cursando Nutrição.

Gostou? Tem muito mais e não é só isso. Há diversas vantagens em cursar uma segunda graduação. Continue lendo para descobrir quais são!

 

Ganhar mais experiência para o mercado de trabalho

Entre os benefícios de fazer uma segunda graduação, está a maturidade e experiência adquirida para aproveitar melhor o segundo curso. E isso se deve ao fato de você já ter iniciado a trajetória na faculdade quando mais jovem.

estudante-segurando-notebook

A primeira graduação te prepara, a segunda te impulsiona

Normalmente, a graduação inicial ajuda a contribuir no seu crescimento pessoal e te introduz tanto na vida acadêmica quanto na profissional (uma vez que você escolhe começar a faculdade entre seus 17 e 20 anos).

Por isso, após se formar, você ganha a vantagem de começar o segundo curso com uma visão mais ampla e até mais experiente do mercado de trabalho.

Além disso, você também consegue estar mais atento aos conhecimentos que pretende adquirir, e concentra-se, assim, nas habilidades necessárias para se destacar no trabalho.

 

Saber desempenhar mais funções

A versatilidade é uma questão decisiva nas entrevistas de emprego e permanência do profissional nas empresas. Então, quanto mais habilidades e funções o profissional consiga desempenhar, melhor a sua empregabilidade.

profissional-ensinando-varias-funcoes

Como pode ver, esse é um dos segredos de como crescer na carreira: buscar sempre mais conhecimentos e habilidades, pois desenvolvimento intelectual é algo muito valorizado atualmente no mercado de trabalho.

 

Conseguir atuar em muitas áreas

A melhoria da empregabilidade, atualmente, tem muito a ver com a capacidade do profissional e em como atua em diversos nichos de mercado ou lida com funções distintas.

profissionais-de-varias-areas

Conhecer o essencial de cada área é importante

As áreas de conhecimento são integradas, pois uma afeta a outra.

Então, um gestor de recursos humanos não pode simplesmente alegar que desconhece cálculos financeiros assim como um contador não pode restringir sua função e dizer que gestão de pessoas “não é a sua”.

Da mesma forma, o médico precisa ter sensibilidade para lidar com pacientes e seus familiares exigindo, assim, o desenvolvimento de habilidades sociais e comunicativas.

Para isso, a segunda graduação é uma boa opção porque, além de complementar os conhecimentos, traz uma nova visão para o profissional em relação à sua prática e o destaca em sua área de atuação.

 

Como escolho a segunda graduação ideal pra mim?

Vamos te dar um passo a passo legal e bem simples:

  • Primeiro, faça uma análise profunda do seu momento profissional: é satisfatório ou pode (e deve) melhorar?
  • Depois, pense até onde você quer chegar em sua carreira a médio e longo prazo e liste seus sonhos, suas habilidades;
  • Em seguida, comece a avaliar coisas novas que gostaria de fazer no lugar onde você trabalha e até mesmo o mercado em geral;
  • No fim, faça a seguinte pergunta: e se eu fizesse uma segunda graduação para melhorar ainda mais minhas habilidades e aumentar minhas opções no mercado de trabalho?

 

Acompanhe as tendências de mercado

É importante frisar que as competências exigidas são dinâmicas e dependem das variações mercadológicas. Ou seja, você precisa estar sempre verificando quais são as tendências de mercado, hein?

Da mesma forma, os cursos de graduação se reinventam todos os dias para acompanhar os cenários gerados por novas tecnologias.

Assim, um administrador pode buscar um posicionamento completamente novo ao fazer uma graduação tecnológica em Marketing Digital, por exemplo.

 

Não gostou do curso? Busque outras opções, mas não desista!

Se você não se identificou com o primeiro curso concluído, respire fundo e levante os motivos pelos quais o resultado não foi satisfatório:

Mercado saturado? Habilidades que não condizem com as suas aptidões? Liste os pontos negativos com detalhes e, em seguida, pergunte-se o que de fato te faria bem.

Aliás, você também pode fazer o seguinte: 

  • Elabore uma lista de habilidades que você tem e deseja ter;
  • Depois, se baseie nessas habilidades e pesquise quais cursos oferecem o que você está procurando;
  • E, ao final, selecione a melhor opção considerando qual o seu melhor orçamento e o tempo que tem para estudar.

Ah! Outra vantagem de fazer uma segunda graduação é que, se ela tiver relação com à primeira, você pode descobrir como aproveitar as disciplinas. 

 

Leia também:

Como driblar a crise?

A importância da elaboração de um bom currículo

5 dicas importantes para escolher a carreira certa

 

capa-segunda-graduacao

Quer saber como impulsionar sua carreira?

Nesse ebook, decidimos revelar os benefícios, diferenciais e segredos do sucesso da segunda graduação. 😉 

Baixe agora e descubra!

👇 Para fazer o download é só preencher esse formulário rapidinho:

Gostou do conteúdo? 

Continue acompanhando nosso Blog para conferir tudo sobre o Ensino Superior.  🎓

VER MAIS CONTEÚDOS